quinta-feira, 27 de maio de 2010

CRIME FORMAL ADMITE TENTATIVA?

O crime formal é aquele em que o tipo prevê uma conduta e um resultado naturalístico, não sendo este último exigível para a consumação do delito. Isto significa dizer que nem sempre se observará alteração fática conexa à ação praticada.





sábado, 22 de maio de 2010

DALVA DE OLIVEIRA, A RAINHA DA VOZ

Dalva de Oliveira, uma das grandes musas da música popular brasileira, a rainha da voz, merece a nossa reverência. Não podemos perder as boas referências e Dalva, sem dúvida, influenciou toda uma geração. Cantou o amor sofrido, as brigas, a separação e até mesmo a trégua, conforme se extrai das canções  Neste Mesmo lugar, Tudo Acabado, Bandeira branca dentre outras. Quem nunca sofreu de amor ou, mesmo que momentaneamente, vivenciou alguma das situações expostas nas canções interpretadas por este ícone da música popular brasileira? Confiram no vídeo abaixo.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

DECIDIR SEM CULPA

Viver em sociedade requer a observância de pelo menos meia dúzia de regras, as quais, se pode afirmar, estão abrigadas pelo Direito Natural.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

O MISTÉRIO DA VIDA

Por que existimos? Qual o sentido da vida? O que somos? Para onde vamos? Essas clássicas perguntas há séculos atormentam

quarta-feira, 19 de maio de 2010

LÍNGUA

A língua é um animal feroz que devemos manter na jaula, pois, com muita frequência, nos coloca em situações embaraçosas.

domingo, 16 de maio de 2010

COLHEITA FELIZ

Participo de uma rede de relacionamento bem conhecida, o ORKUT, e já havia sido convidado a participar de um jogo chamado colheita feliz.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

RENOVAÇÃO

Tudo passa, inclusive a vida, a renovação acontece a cada nascer do sol. Há sempre uma luz no fim do túnel. Mesmo o desconforto é transitório, muito embora quando ocorra pareça durar uma eternidade. Faz parte do ciclo da existência, só se valoriza o calor quando se teve frio, as manhãs após uma noite escura. E assim caminhamos.

domingo, 9 de maio de 2010

A TODAS AS MÃES

Falar de mulher no dia de hoje é falar de mãe. Sempre tive admiração e respeito pelas mulheres, responsáveis pela continuidade de nossa espécie. Isto porque, em sua maioria, se dedicam aos filhos, carregando-os desde o ventre até o último suspiro de vida. Tudo em sociedade parece fazer referência a ela.

MÃE

Palavras, calas, nada fiz
Estou tão infeliz
Falasses, desses, visse não
Imensa solidão
Eu sou um Rei que não tem fim
Que brilhas dentro aqui
Guitarras, salas, vento, chão
Que dor no coração
Cidades, mares, povo, rio
Ninguém me tens amor
Cigarra, camas, colos, ninhos
Um pouco de calor
Eu sou um homem tão sozinho
Mas brilhas no que sou
E o teu caminha e o meu caminho
É um nem vais nem vou

Meninos, ondas, becos, mãe
E só porque não estais
És para mim que nada mais
Na boca das manhãs
Sou triste, quase um bicho triste
E brilhas mesmo assim
Eu canto, grito, corro, rio
E nunca chego a ti

Caetano Veloso

sábado, 8 de maio de 2010

CHEGA DE MÁGOA

É curioso como os seres humanos, em boa parte das vezes, não conseguem ou não têm coragem de externar seus sentimentos e opiniões diretamente e, talvez, por isso causem tanto dano no trato social, pois acabam criando mal estar. Indiretas, falar de um fato envolvendo uma pessoa em tom de voz alto, a fim de que esta ouça, escrever textos dúbios mudando apenas nomes, são formas usadas por muitos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...